A Capa Da Tua Música É Mais Importante do Que Você Imagina

A Capa Da Tua Música É Mais Importante Do Que Você Imagina

Quem nunca comprou um cd pela capa? Eu já! 

Vou te contar um a pequena história. Certa vez – na época onde a gente comprava CDs nas lojas – eu entrei numa loja e fui na sessão do estilo musical que eu gostava. Na prateleira, uma capa me chamou a atenção, então eu peguei o CD para ouvir (sim, na loja era possível ouvir os CDs antes de comprar e adivinhe? Eu curti o som e comprei o CD. 

Está sem tempo para ler? Ouça o Podcast!

O mérito, primeiramente foi da capa do CD. Em segundo lugar, o som da banda era muito legal. Então a capa foi responsável me atrair para o som da banda. 

A capa representou muito bem o conteúdo musical dos caras, que era muito bom! Se não fosse ela eu não teria observado aquele CD, já que era uma banda que eu não conhecia até o momento. 

Uma capa de música ou de álbum bem feita separa os homens dos meninos. Os profissionais dos amadoras. Ela gera a primeira impressão, principalmente nas pessoas que ainda te conhecem. 

Se você estiver passando pelo feed do seu player de música (Spotify, Deezer, iTunes, etc) e passar você uma capa bacana, mesmo que seja um artista que você não conhece, provavelmente você vai clicar pra ouvir o som. O contrário também acontece. Se a capa for amadora, você não sentirá vontade de ouvir o som. 

Isso é simples de explicar: se a capa é legal, provavelmente você vai achar que o som é legal. Se a capa é amadora, você vai achar que o som também é amador. 

Como fazer uma boa capa?

1º Coerência

Primeiramente, é preciso coerência. A capa tem que representar o conteúdo musical. Seja do single, EP ou álbum. 

2º Criatividade

Uma capa boa não é, necessariamente, a capa feita com as técnicas mais mirabolantes do Photoshop. Muitas vezes uma capa clean (com ou sem foto) pode ser a melhor opção para o seu trabalho. 

3º Referência

Quando você for contratar alguém para fazer a sua capa use alguma fonte de referência. Ou seja, use alguma capa já existente como ponto de partida. 

Não estou falando de plágio. Use uma capa como referência para a comunicação entre você e o design gráfico ter menos ruído e, assim conseguir o resultado esperado mais rápido. 

Se estas dicas te ajudaram, compartilhe esse post, o vídeo ou o podcast com seus amigos músicos. 

Um abraço e até o próximo post.  

Assista e compartilhe esse conteúdo em vídeo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *